Miguel Mota: “Acabou por ser uma tremenda injustiça este resultado “

Miguel Mota: “Acabou por ser uma tremenda injustiça este resultado “

Miguel Mota: “Acabou por ser uma tremenda injustiça este resultado “

Em jogo a contar para a 15ª jornada da Série A do Campeonato de Portugal, o SC Vianense viajou até Fão para defrontar o SC Braga “B”. A equipa da casa acabou por vencer por 6-1, resultado que Miguel Mota considerou injusto.

“Vínhamos aqui com a clara intenção de jogar com uma linha mais baixa e aproveitar o espaço que o Braga pudesse deixar nas costas, e as transições. Na primeira parte, acabamos por ir para intervalo a perder por 1-0, mas sem que o Braga tivesse criado uma situação de golo.” – analisou o treinador.

“Na segunda parte, entramos focados em tentar reverter este resultado negativo. Acho que jogamos muito bem: jogamos por dentro, jogamos por fora, atacamos profundidade, atacamos largura, tentamos jogo interior, rematamos de fora da área, fizemos cruzamentos…. Enfim, acho que acabou por ser uma tremenda injustiça este resultado. Estou extremamente triste porque o resultado não diz, nem de perto nem de longe, o que aconteceu aqui.” – concluiu.

Apesar da pesada derrota, o técnico Vianense reforçou que se sente orgulhoso do trabalho e da entrega dos jogadores.

“Há uma coisa que eu já disse mais do que uma vez aos meus jogadores: tenho um enorme orgulho neles e tenho orgulho naquilo que foi o trabalho deles hoje. É evidente que me podem dizer “Dás os parabéns à tua equipa e perdes 6-1?”, mas é o que sinto. Tiveram uma entrega brutal, trabalharam muito e esse é o meu sentimento.” – assegurou.

As atenções viram-se agora para o adversário da próxima jornada: o Vidago FC. Sábado regressamos ao Dr. José de Matos e queremos regressar também às vitórias!