• PRÓXIMO JOGO
    2017-11-19
  • SC VIANENSE
  • vs
  • ADC Correlhã

José Pequeno: Fizemos uma primeira parte espetacular

José Pequeno: Fizemos uma primeira parte espetacular

José Pequeno: Fizemos uma primeira parte espetacular

Depois da vitória de hoje em Lanheses, por 3-2, José Pequeno e Cristiano fizeram a análise do encontro, em declarações exclusivas ao site do SC Vianense.

Apesar da dificuldade do jogo, frente a um adversário “com muita qualidade”, José Pequeno considerou a vitória da sua equipa justa, num jogo com duas partes muito distintas.

Penso que fizemos uma primeira parte espetacular. Conseguimos que a equipa adversária não fizesse um remate à nossa baliza, o que já traduz muito aquilo que foi a nossa primeira parte. Ganhar um zero ao intervalo deu-nos alguma tranquilidade, mas, infelizmente, num lance logo no início da segunda parte, sofremos o golo do empate. Depois também tivemos a sorte de aproveitar um erro individual e voltar a estar por cima quase na jogada de imediato.”.

A vantagem de dois golos não trouxe, contudo, “tranquilidade suficiente para meter gelo no jogo” o que, na opinião do treinador do Vianense, foi mérito da equipa da casa.

“O adversário tem muito mérito no que fez. Veio para cima de nós, começou a empurrar-nos. Acabamos em sacrifício, mas felizmente conseguimos três pontos, conseguimos fazer a quarta vitória consecutiva, que é muito importante neste campeonato, fazer quatro vitórias é muito difícil.”

Rumo à quinta vitória consecutiva, José Pequeno deixou o apelo aos simpatizantes e sócios do Vianense para marcarem presença já no próximo encontro, frente à AD Chafé.

Queremos, no domingo, já contra o Chafé, mais gente, é um apelo que eu faço. Apoiem esta equipa, estes jogadores, porque nós queremos muito e tudo iremos fazer para vencer o Chafé e conseguirmos a quinta vitória consecutiva.”.

Cristiano, autor do primeiro golo, confessou sentir-se confiante e bem fisicamente, mas salientou, tal como o treinador, o mérito de todo o grupo de trabalho.

Sinto-me bem fisicamente, sinto-me com confiança. Neste momento sinto-me feliz por estar a ajudar a equipa com golos, mas não interessa quem os marca, interessa que é o Vianense quem os faz. Foi um jogo difícil, contra uma excelente equipa deste campeonato, em que trabalhamos para ser felizes e conseguimos três pontos que era o que mais interessava.”