José Pequeno: “Não fomos suficientemente competentes”

José Pequeno: “Não fomos suficientemente competentes”

José Pequeno: “Não fomos suficientemente competentes”

O início da segunda metade do campeonato não começou da melhor forma para o SC Vianense que empatou a um golo em Vitorino de Piães. No rescaldo da partida, José Pequeno deixou duras críticas à arbitragem, mas assumiu que a equipa não esteve bem e poderia ter feito mais.

“Entramos bem no jogo, a dominar. Marcamos de grande penalidade, que foi claríssima, e controlamos o jogo a 100%. A equipa adversária jogou num bloco muito baixo, sempre à espera do nosso erro e, na primeira parte, não fomos muito competentes. Sabíamos que era um campo extremamente difícil, pelas condições que toda a gente já sabe, com uma assistência fervorosa.”

A vencerem ao intervalo, no segundo tempo as oportunidades para aumentar a vantagem surgiram, no entanto, foi o Vitorino de Piães quem, já perto do final do encontro, conseguiu chegar ao empate.

“Na segunda parte, tentamos melhorar a nível ofensivo, criar mais oportunidades de golo, e penso que a equipa fez isso. Começou a circular mais rápido a bola, porque perante um bloco muito baixo estava difícil, e a colocar mais bola na área. Depois há um momento decisivo no jogo: há uma grande penalidade claríssima e um jovem, que não deveria ter vindo para este campo, pega na bola e inverte a situação. (…) Não me lembro de ter visto uma situação destas nos 30 anos que tenho de futebol. (…) Acho que isto envergonha toda a gente que anda neste campeonato.”

O técnico mostrou-se inconformado com a escolha da equipa de arbitragem e afirmou que, apesar da exibição não ter sido a melhor, tinham condições para trazer os três pontos para Viana.

“Num campo difícil, contra um adversário que trabalhou bastante e foi digno, nós sem fazer o que devíamos, fizemos mais do que suficiente para levar daqui os três pontos. Num campo onde há tanta pressão dos adeptos, tanta pressão do banco, mandar para aqui miúdos tinha de dar nisto e, infelizmente, são menos dois pontos que levamos. Mas são coisas distintas: não fomos suficientemente competentes, não tenho problema nenhum em assumir, devíamos ter feito mais, devíamos ter decidido o jogo mais cedo, porque depois estamos sujeitos a isto.”

Na próxima jornada regressamos ao Dr. José de Matos e queremos regressar também às vitórias. Para isso, a equipa vai trabalhar durante a semana e, no domingo, contamos com o apoio de todos para que juntos consigamos somar mais três pontos importantes.