• PRÓXIMO JOGO
    2019-01-27
  • CD Cerveira
  • vs
  • SC VIANENSE

José Pequeno: “O público ajudou-nos”

José Pequeno: “O público ajudou-nos”

José Pequeno: “O público ajudou-nos”

No último jogo oficial de 2018, o SC Vianense recebeu e venceu o Desportivo de Monção, pela margem mínima. Apesar do golo ter chegado já no final do tempo de compensação, para José Pequeno esta foi uma vitória “mais do que justa”.

“É uma vitória sofrida, porque foi aos 96 minutos, mas mais do que justa. Era uma grande injustiça se o Sport Clube Vianense não vencesse este jogo. Sabemos que o futebol é assim, o que conta é quem marca e as bolas que entram.”

Os primeiros 45 minutos ficaram um pouco abaixo da expectativa do treinador, no entanto, a grande oportunidade de golo, embora desperdiçada, pertenceu à equipa da casa.

“A primeira parte foi muito má da nossa parte. Foi um jogo muito mastigado, muito lento e previsível, em que a equipa do Desportivo de Monção conseguiu ser taticamente superior a nós. Não gostei, a vários níveis, mas, mesmo assim, a única oportunidade de golo foi nossa, sem guarda redes, não conseguimos meter a bola dentro da baliza. Entendo que também não era justo.”

Depois do intervalo, o jogo mudou e não faltaram oportunidades para inaugurar mais cedo o marcador.

“A segunda parte foi completamente diferente. Foi o Vianense a todo o gás, com a alma, querer e determinação que este grupo de trabalho tem vindo a demonstrar ao longo do campeonato. Criamos uma, duas, três (…) oportunidades, mas as bolas não entravam.”

Num momento em que o golo não queria aparecer, foi o 12º jogador quem levou a equipa à conquista dos três pontos. José Pequeno aproveitou para agradecer não só aos adeptos, mas também aos jogadores e, em especial, a Rafa.

“O público ajudou-nos, levou-nos a esta vitória que nos deixa continuar no primeiro lugar, a acreditar. Quero agradecer à massa associativa, aos que estiveram e aos que não puderam estar, o apoio que nos deram, porque foi fundamental para levar esta equipa, que estava a sofrer uma grande injustiça, à vitória. Em segundo, mas não menos importante, quero agradecer aos meus jogadores, que foram fabulosos. Eles já sentem o que é ser do Sport Clube Vianense, o que é jogar neste estádio e, quando assim é, ajuda e facilita. Neste aspeto, deixo uma palavra para o Rafa. A avó dele faleceu, foi hoje o funeral, e ele quis estar aqui connosco. Isto demonstra a forma como este grupo vive o clube e o que quer. O grupo agradeceu ao Rafa a excelente atitude e esta vitória é para desejar um bom natal a todos os vianenses e, ao Rafa e à família, que esta fase passe o mais rápido possível.”

O campeonato regressa agora a 6 de janeiro e o Vianense tem deslocação marcada ao terreno do Ponte da Barca.