Miguel Mota: “Não foi o resultado que queríamos” 

Miguel Mota: “Não foi o resultado que queríamos” 

Miguel Mota: “Não foi o resultado que queríamos” 

O Sport Clube Vianense visitou, este domingo, o terreno da AD Os Limianos na posição de líder do campeonato. O encontro da 14ª jornada terminou sem golos, resultado que nos permite continuar na frente, mas que deixou Miguel Mota insatisfeito. 

“Não foi o resultado que queríamos. Tínhamos intenção de tentar ganhar o jogo. Foi isso que tentamos fazer, mas, infelizmente, não conseguimos. Não estamos contentes, mas o futebol é assim.” 

Para o treinador, tanto na primeira parte, como após o Limianos ter ficado reduzido a 10 jogadores, faltaram condições para finalizar, o que acabou por fazer a diferença.  

“Não tivemos muita qualidade e critério no último terço. Perdemos com muita frequência e rapidez a bola, mas a equipa esteve sempre estável, equilibrada e tentou sempre construir com qualidade. Só que depois, efetivamente, no último terço tivemos más decisões e isso condicionou o nosso jogo habitual.” 

Com este empate, a discussão pelo primeiro lugar fica ainda mais renhida, algo que para o técnico não é surpresa, apesar de continuar com o “feeling de que o Vianense vai fechar a primeira volta na frente.  

“Acredito que vai ser uma luta a quatro. Poderá, eventualmente, algum quinto meter-se na luta, mas vai ser a quatro até ao fim, não tenho dúvidas disso.” 

Quanto à receção ao GD Castelense, já no próximo fim de semana, o treinador assume que o registo é para tentar manter: “fazer um jogo com qualidade, ganhar e manter a liderança.” 

Para isso, claro, o apoio de todos os sócios e simpatizantes é fundamental e Miguel Mota acredita que o bom futebol demonstrado vai voltar a encher o Estádio Dr. José de Matos.  

“Fui habituado, enquanto jogador, a ter muita gente e gostaria que isso voltasse a acontecer. Pelo trabalho que está a ser feito no Vianense, pode demorar, mais vai voltar a ser assim. É uma convicção que tenho. O Vianense vai continuar a apresentar um jogo de qualidade e acredito que as pessoas se vão rever neste Vianense. É isso que esperamos e apelamos também a que as pessoas regressem, para termos mais gente, mais apoio.”