• PRÓXIMO JOGO
    2021-03-10
  • SC VIANENSE
  • vs
  • SC Maria da Fonte

Miguel Mota: “Sabemos aquilo que podemos fazer”

Miguel Mota: “Sabemos aquilo que podemos fazer”

Miguel Mota: “Sabemos aquilo que podemos fazer”

O SC Vianense viajou, esta terça-feira, até Vila Verde para disputar o jogo em atraso relativo à 12ª Jornada da Série A do Campeonato de Portugal. Com a vitória por 2-0 diante do Länk FC Vilaverdense, os três pontos vieram para Viana do Castelo.

Numa breve análise da partida, Miguel Mota considerou que a equipa esteve bem defensiva e ofensivamente, apesar de terem tido pouco tempo para preparar o encontro.

“Sabíamos exatamente o que tínhamos de fazer para tentar levar os três pontos para Viana. Foi esse o nosso propósito. Entramos bem, conseguimos fazer um golo e depois, durante a primeira parte, acabamos por sofrer um bocadinho” – afirmou Miguel Mota.

“Na segunda parte, sabíamos que íamos continuar a sofrer um bocadinho. Baixamos as linhas e tentamos também transitar. Acho que voltamos a entrar bem e podíamos ter feito outro golo. Acabamos por não fazer, mas efetivamente a equipa esteve muito sólida. Teve uma consistência defensiva muito boa e não permitiu qualquer situação de golo ao Vilaverdense. Acho que o resultado acaba por ser justo por aquilo que foi a nossa competência quer defensiva, quer ofensiva.” – concluiu.

Depois de uma derrota pesada em Fão, o Vianense soube reagir e soma agora duas vitórias consecutivas. Por isso, o técnico fez questão de reforçar a confiança que tem no plantel.

“A equipa técnica, e toda a estrutura que está em redor destes jogadores, não tem dúvidas nenhumas das capacidades e competências deles. E eles, não foi só hoje, já têm vindo a dar uma demonstração do potencial desportivo e humano que têm. Isso é algo que valorizamos muito.” – garantiu.

De olhos postos no quinto lugar, cada vez mais próximo, Miguel Mota não esconde que o objetivo é difícil, mas não impossível.

“Vamos trabalhar para que isso seja possível. É o nosso objetivo, é a meta que traçamos inicialmente. Continuamos a persegui-la com toda a nossa força, raça e capacidade de trabalho e é isso que vamos continuar a fazer, sabendo que é muito difícil. Este Campeonato de Portugal é equilibrado e muito competitivo, mas sabemos aquilo que podemos fazer e iremos fazer certamente.” – assumiu.

Domingo, dia 21 de fevereiro, o Vianense volta a entrar em ação num duelo importante em casa do Juventude de Pedras Salgadas!